Home Perícias Médicas LAUDO PERICIAL DE SINDROME DE DANDY WALKER
LAUDO PERICIAL DE SINDROME DE DANDY WALKER PDF Imprimir E-mail
Escrito por Dr Paulo Roberto Silveira   
Ter, 03 de Novembro de 2009 17:06

LAUDO JUDICIAL DE SINDROME DE DANDY WALKER


 HISTORICO

 A paciente T. M. M. , menor impúbere, e atendida na APAE  ( ASSOCIAÇÃO DE PAIS E AMIGOS DOS EXCEPCIONAIS) , onde sou medico , atendendo na especialidade de Neurologia e Psiquiatria , com a historia de  de crises convulsivas desde os 8 meses de vida. Aos  5meses  os pais notaram   que a criança não se mexia direto e também não conseguia se sentar. Aos 8 meses passou a apresentar crises convulsivas Tonico clonicas sendo solicitadas tomografia computorizada de crânio cujos laudos seguem
 1 ) 20/09/95 : Aumento global dos ventrículos, aumento das cisternas, diminuição do volume do cerebelo.
2) 07/03/1996: Hidrocefalia Severa  3) 07/06/97 : Mal formação de Dandy Walker. Agenesia de corpos caloso e septo pelúcido. 

 

 

 


ATENDIMENTO NEUROLOGICO E PSIQUIATRICO

20/04/2005 : Historia de crises convulsivas .
                     Gardenal 70  gotas  a noite
                    Tegretol 200 mg  ½ +  ½

                   Solcitado Eletroencefalograma com mapa cerebral
                                   Dosagem Sanguinea de Fenobarbital e de Carbamazepina.   

27/05/2005 Trouxe o EEG  DE  2002  que evidencia alterações com ondas agudas de 6/7 hertz amplitude de 80  a 120 microvolts com distribuição difusa.

               Tegretol 200  ½ + ½ + ½
             Gardenal  80 gotas  1  x


22/09/05   Trouxe  a dosagem sanguinea de Fenobarbital : 16,5  e de Carbamazepina  2,2 
            
              Mantida  a Conduta 

2/01/2006 Quadro clinico  com  episódios de cefaléia

                 Tegretol 200 mg   ½  + ½ +  1

                 Gardenal   90  gotas 1  x

25/11/2006  Paciente apresentando agressividade e  cefaléia.

                  Trileptal 300 mg   1 x

                 Gardenal 50  gotas  1x

24/05/2007 Paciente apresenta agressividade  e alteração de comportamento e cefaléia.
                  
                 Risperidona 1,0 mg    ½  1   x

                Trileptal 300 mg     1 +  1 

               Gardenal   50 gotas   1 x

29/05/2008  Paciente com agressividade  e alteração do comportamento

                   Dogmatil 50 mg   1  x

                 Risperidona  1,0  mg   ½     1  x

               Trileptal  300 mg    1 x

              Gardenal  50  mg   1  x

28/08/2008  Paciente com agressividade  e alteração do comportamento.

                 Risperidona  1,0 mg    1  comp  1 x

                Trileptal 300 mg   1  x

               Gardenal  50  gotas   a  noite


10/07/2008  Paciente inicia o acompanhamento psicológico utilizado rotinas  estabelecidas através de símbolos  denominada TEACCH , com boa aceitação e bons  resultados. Paciente com historias de perdas na família  ,  o pai   recente e de uma tia  há 5 meses   .

               Risperidona  1,0 mg    1  comp  1 x

                Trileptal 300 mg   1  x

               Gardenal    100  mg  a  noite


27/03/2009  Paciente  passando apresentar melhoras do quadro de agressividade e de alterações do comportamento o que nos faz pensar  que finalmente esta fazendo uso da risperidona  prescrita .  Foi solicitado um atestado medico que foi colocado no processo a pag 112.


27/07/2009.  Quadro  mantido , conduta inalterada.

 

 

 

EXAME NEUROLOGICO  ATUAL


Paciente com hidrocefalia,  mal formação de Dandy Walker e agnesia de corppo caloso e do septo pelúcido, (síndrome de Dandy-Walker é uma malformação congénita que afecta o cerebelo e os fluidos que o rodeiam. As características principais desta síndrome são o alargamento do quarto ventrículo, a ausência completa ou parcial da área entre os dois hemisférios cerebelares e a formação de cistos na base interna do crânio.)  epilepsia,   alteração do comportamento e agressividade .

Ao exame : Vigil; , equilíbrio estático com  discreto alargamento das bases , marcha neurológica discreta marcha estrelar; ausência de atrofias e ou fasciculações musculares; tonicidade e força muscular preservada e simétricas; reflexos osteotendinosos preservados;  com discreta disdiadocinesia bilateralmente   ; ausência de clonus de extremidades; reflexo cutâneo plantar em flexão bilateralmente; ausência do sinal de Hoffmann bilateralmente; reflexos axiais da face normais; coordenação motora  com  discreta disdiacinesia  nos membros superiores estando preservados nos membros  inferiores; pares craneanos  acessíveis normais

. EXAME NEUROLOGICO EVIDENCIA ALTERAÇÕES   COMPATIVEIS COM DIAGNOSTICO NO CID  X  G  13,  G 40.1, G91.1,  G 94.2 
 
EXAME PSIQUIATRICO  ATUAL.

 

 Atenção:, pouco  atenta as solicitações ao ambiente ao redor.
Atitude geral - responde às perguntas com dificuldades  sem gestos e posturas e outras expressões motoras  no inicio da entrevista encontrava-se tensa, mas ao decorrer foi se descontraindo.  Não evidenciando movimentos e atitudes que façam suspeitar de atividade delirante ou alucinatória Sono, normal  alimentação normal . Hábitos de higiene normais..
 Paciente  algo orientada no tempo e no espaço, postura calma e aparentemente tranquila,  sem maneirismos ou gestos patológicos.
Atividade/expressão em palavras - Fala pouco ,apenas responde as solicitações  vagarosamente, coerente, sem  tom de discurso, sem interrupções,   sem silêncios súbitos,  sem mudanças de tema, palavras estranhas à sintaxe, ritmo e pensamento lentificado.
Humor -, medroso, ansioso, não apresenta atividade delirante mantendo-se desconfiada em relação as pessoas que a cercam Não se   sente  perseguida, influenciado por meios naturais, sobrenaturais ou científicos,  ou que riem dela ou que admirem ou querem seu mal como agredi-la ou matá-la.   .
 Não apresenta alucinações e outras desordens da senso percepção -  Auditivas, Visuais, Olfativas, Gustativas,. Táteis e  Viscerais.
 Não apresenta fenômenos compulsivos -  , pensamentos, impulsos e  atos sem alterações .
Orientação no tempo  e  Memória -  comprometida
Atenção e concentração  dispersa e não   Tenaz.
Conhecimentos gerais  -   comprometida
Inteligência:  comprometida 

 


Súmula psicopatológica

 Atenção: Periciada atenta as solicitações. Aparência Apresenta . Atitude normal. Orientação  algo  orientada no tempo e no espaço. Atenção e concentração comprometida. Sensopercepção (ilusão, alucinação) dentro da normalidade. Memória comprometida. Pensamento (forma, conteúdo, curso) lentificado. Idéias delirantes Nao apresenta. Afetividade normal . Vontade e ação comrometida. Psicomotilidade  dentro da normalidade

Exames médicos complementares

 Foram apresentado laudos de Tomografia Computorizada de Crânio de 20/09/95, 25/06/97 e  07/03/96

          Foram apresentados laudos dos Eletroencefalograma quantitativo com mapa cerebral de  13/11/2002  e  de  1/10/1008

  CONCLUSAO

  EXAME PSIQUIATRICO EVIDENCIA ALTERAÇÕES   COMPATIVEIS COM DIAGNOSTICO NO CID  X  F  29  F  71

 Esta atualmente  fazendo  acompanhamento com TEACCH através de símbolos pictográficos apresentado melhoras e  ao tratamento medicamentoso instituído   a  saber:
    Risperidona 1,0  mg    1 comp  1  x ao  dia
   Trileptal  300 mg         1  comp   1  x  ao  dia.
   Gardenal  100 mg    1  comp a  noite
      .
     EXAMES REALIZADOS


TOMOGRAFIA COMPUTORIZADA CEREBRAL EM 20/09/1995

TECNICA: FORAM REALIZADOS CORTES PARALELOS A LINHA ORBITO MEATAL DE 2, 5 E 10 mm DE ESPESSURA; SEM  INJEÇÃO DE CONTRASTE.

DESCRIÇÃO: OSSOS DO CRANIO DE DENSIDADE E ESPESSURA NORMAIS PARA IDADE.SUBSTANCIA BRANCA E CORTEX CEREBRAL DE DENSIDADE HABITUAIS.AUMENTO GLOBAL DOS VENTRICULOS. AUMENTO DAS CISTERNAS, DIMINUIÇÃO DO VOLUME CEREBELAR. AUSENCIA DE CALCIFICAÇÕES PATOLOGICAS;
IMPRESSÃO DIAGNOSTICA: EXAME TOMOGRAFICO CEREBRAL COPATIVEL COM:

- AUMENTO GLOBAL DOS VENTRICULOS.
- AUMENTO DAS CISTERNAS. 
- DIMINUIÇÃO DO VOLUME CEREBELAR.

TOMOGRAFIA COMPUTORIZADA CEREBRAL EM   25/06/1997

TECNICA: FORAM REALIZADOS CORTES PARALELOS A LINHA ORBITO MEATAL DE  5 E  10 mm DE ESPESSURA.

DESCRIÇÃO: OSSOS DO CRANIO DE DENSIDADE  ESPESSURA NORMAIS PARA A IDADE. APRESENTA AGENESIA DE VERMIS CEREBELAR, CORPO CALOSO E SEPTO PELUCIDO. VENTRICULOS CEREBRAIS DE VOLUME AUMENTADO. FISSURAS, CISTERNAS BASAIS E SULCOS CORTICAIS DE ASPECTO NORMAL.AUSENCIA DE CALCIFICAÇÃO PATOLOGICA.

IMPRESSÃO DIAGNOSTICA: EXAME TOMOGRAFICO COMPATIVEL COM MAL FORMAÇÃO DE DANDY WALKER.AGENESIA DE CORPO CALOSO E SEPTO PELUCIDO.

 

 

TOMOGRAFIA COMPUTORIZADA DE ENCEFALO EM 7/03/1996

TECNICA: FORAM REALIZADOS CORTES PARALELOS A LINHA ORBITO MEATAL DE 5  A 10  mm DE ESPESSURA, ANTES  E SEM A INJEÇÃO DE CONTRASTE VENOSO IODADO.

DESCRIÇÃO:  OSSOS DO CRANIO DE DENSIDADE E ESPESSURA NORMAIS PARA A IDADE.SUBSTANCIA BRANCA E  CORTEX CEREBRAL DE DENSIDADE HABITUAIS. DILATAÇÃO GLOBAL DOS VENTRICULOS. AUMENTO DAS CISTERNAS. FOSSA POSTERIOR EVIDENCIANDO PARENQUIMA  CEREBELAR E TRONCO CEREBRAL SEM ALTERAÇÕES. AUSENCIA DE CALCIFICAÇÕES PATOLOGICAS.

IMPRESSÃO DIAGNOSTICA: EXAME TOMOGRAFICO COPATIVEL COM HIDROCEFALIA SEVERA.

 

EEG DIGITAL E MAPEAMENTO CEREBRAL EM 13/11/2002


A) ESPECIFICAÇÕES TECNICAS DO EXAME
   A CONSTANTE DE TEMPO UTILIZADO FOI DE 0,3 SEGUNDOS E A FREQUENCIA DE AMOSTRAGEM DE  256 AMOSTRAS POR CANAL POR SEGUNDO. O METODO DE INTERPOLAÇÃO UTILIZADO E QUADRATICO.

B) CARACTERISTICAS DO EXAME

AS CONDIÇÕES TECNICAS DO EXAME FORAM BOAS. O EXAME  FOI REALIZADO EM SONO INDUZIDO.

C) RESULTADOS OBTIDOS

EEG DIGITAL COM RITMO DE BASE: REGULAR E SIMÉTRICO. ARTIFICIOS LENTOS E FUSOS DO SONO INTERPÕEM-SE AO RITIMO DE FUNDO. MAPEAMENTO CEREBRAL E ANALISE ESPECTRAL EVIDENCIAM RITMO DOMINANTE DE 10.5 Hz  e 44. 3 microvoltz. TOPOGRAFIA CEREBRAL REVELOU OS SEQUINTES POTENCIAIS PREDOMINANTES COM SUAS RESPECTIVAS LOCALIZAÇÕES: DELTA 55,1  u V EM O1, THETA 39,1 u V EM T5, ALFA 19.1 uV EM T6, BETA 12.4 uV  EM  T6. GRAFICO DA DIFERENÇA ESPECTRAL REVELA SIMETRIA ENTRE HEMISFERIOS. HISTOGRAMA MOSTRA DISTRIBUIÇÃO ESPECTRAL NORMAL. BLOQUEIO VISUAL: NÃO FOI REALIZADO. OBSERVA-SE ONDAS AGUDAS A 7 Hz- 8 Hz AMPLITUDE 70 uV – 95 uV DE DISTRIBUIÇÃO DIFUSA. FOTO ESTIMULAÇÃO: NÃO FOI REALIZADA. ATIVAÇÃO PELA HIPERPNEIA: NÃO FOI REALIZADA.

D) CONCLUSÃO

EEG DIGITAL E MAPEAMENTO CEREBRAL EVIDENCIANDO ONDAS AGUDAS DE 7 Hz – 8 Hz amplitude 70 uV – 95 uV DE DISTRIBUIÇÃO DIFUSA.

 


EEG  DIGITAL E MAPEAMENTO CEREBRAL EM  1/10/2008


A) ESPECIFICAÇÕES TECNICAS DO EXAME


   A CONSTANTE DE TEMPO UTILIZADO FOI DE 0,3 SEGUNDOS E A FREQUENCIA DE AMOSTRAGEM DE  256 AMOSTRAS POR CANAL POR SEGUNDO. O METODO DE INTERPOLAÇÃO UTILIZADO E QUADRATICO.

B) CARACTERISTICAS DO EXAME

AS CONDIÇÕES TECNICAS DO EXAME FORAM BOAS. O EXAME  FOI REALIZADO EM VIGILIA.

C) RESULTADOS OBTIDOS

EEG DIGITAL COM RITMO DE BASE: REGULAR E SIMÉTRICO. ARTIFICIOS LENTOS E  POTENCIAIS DE AÇÃO MUSCULAR INTERPÕEM-SE AO RITIMO DE FUNDO. MAPEAMENTO CEREBRAL E ANALISE ESPECTRAL EVIDENCIAM RITMO DOMINANTE DE 9.5 Hz  e  26.7 uV. TOPOGRAFIA CEREBRAL REVELOU OS SEQUINTES POTENCIAIS PREDOMINANTES COM SUAS RESPECTIVAS LOCALIZAÇÕES: DELTA 28.9 uV EM 1, THETA 29,1 u V EM Fp2 , ALFA 13.7 uV EM F4 , BETA 8.2 uV  EM  F4. GRAFICO DA DIFERENÇA ESPECTRAL REVELA SIMETRIA ENTRE HEMISFERIOS. HISTOGRAMA MOSTRA DISTRIBUIÇÃO ESPECTRAL NORMAL. BLOQUEIO VISUAL:HÁ BOA ATENUAÇÃO DOS RITMOS POSTERIORES.. OBSERVA-SE ONDAS AGUDAS A 7 Hz- 8 Hz AMPLITUDE 70 uV – 90 uV DE DISTRIBUIÇÃO DIFUSA. FOTO ESTIMULAÇÃO: NÃO ACENTUOU OS RITMOS E POTENCIAIS ANORMAIS. ATIVAÇÃO PELA HIPERPNEIA: ACENTUOU OS RITMOS E POTENCIAIS ANORMAIS

D) CONCLUSÃO

EEG DIGITAL E MAPEAMENTO CEREBRAL EVIDENCIANDO SURTOS DE ONDAS AGUDAS DE 7 Hz – 8 Hz amplitude 70 uV – 90 uV DE DISTRIBUIÇÃO DIFUSA

 


CONSIDERAÇÕES GERAIS:

  O  SINDROME  DE DANDY WALKER

  O síndrome de Dandy-Walker é uma malformação congénita que afecta o cerebelo e os fluidos que o rodeiam. As características principais desta síndrome são o alargamento do quarto ventrículo, a ausência completa ou parcial da área entre os dois hemisférios cerebelares e a formação de cistos na base interna do crânio.
As características principais desta síndrome são o alargamento do quarto ventrículo, a ausência completa ou parcial da área entre os dois hemisférios cerebelares e a formação de quistos na base interna do crânio.
O Sistema Nervoso Central é banhado em toda a extensão pelo líquido céfalo-raquidiano (LCR), cuja circulação deve ser livre em todo percurso desde o encéfalo (cabeça) até a medula (coluna vertebral). No encéfalo existe uma estrutura, o quarto ventrículo, com orifícios chamados de Luschka e Magendi, que são malformados na Síndrome de Dandy Walker e obstruem a passagem do LCR. Em consequência, o LCR se acumula nos ventrículos cerebrais, prejudicando o desenvolvimento do cérebro e dando oriegem a hidrocefalia (acúmulo de LCR no cérebro), de grau variável, às vezes moderado e detectado pelos exames até excessivo provocando a hidrocefalia mais acentuada com aumento da cabeça (macrocefalia) e sinais graves como alteração visual, aumento da pressão do LCR, sofrimento cerebral, alterações das glândulas endócrinas, dificuldades motora.

Em situações de menor gravidade, as crianças podem ter vida normal, são simpáticas, podem apresentar hiperatividade, dificuldade escolar,  instabilidade  emocional, espasticidade muscular , retardo motor, identificado com exame neurológico.

Um dos sinais a observar é a falta de fechamento das suturas do crânio (moleiras) pelo excesso de LCR, além da dificuldade de levantar o globo ocular (sinal do sol poente). Pode ser necessário correção cirúrgica com o desvio do LCR do cérebro para o peritônio,  procedimento cirúrgico denominado derivação ventrículo abdominal, sendo que na ponta do cateter colocado dentro do ventrículo existe uma válvula de uma só via, direcionando o liquor somente para um único sentido, ou seja do ventrículo cerebral  para a cavidade abdominal  ou para o átrio auricular ( área do coração)   quando o procedimento passa a ser denominada derivação ventrículo atrial com objetivo de  reduzir a pressão do LCR e seus efeitos nocivos sobre o cérebro.

O tratamento clínico é direcionado para as alterações detectadas em exame neurológico e confirmadas por exame de imagem (tomografia cerebral computadorizada, ressonância magnética de crânio).  Pode surgir comprometimentos de origem epiléticas que originam crises convulsivas generalizadas ou focais  e crises tônicas crônicas neurovegetativas entre  outras, que serão identificadas  pela clinica e  ou com a realização de um eletroencefalograma quantitativo com mapeamento cerebral, sendo indicando então o uso de anti epiléticos.   Quadros de déficit de atenção (TDA) são comumente observados pelos professores  e parentes, necessitando de acompanhameto multidiciplinar com apoio medico neurológico, psiquiátrico, psicológico e terapeuta ocupacional entre outros. Um exame psiquiátrico seria indicado em virtude  do aparecimento de transtornos mentais que  podem ser evidenciados quando  se aproximam da puberdade, devido provavelmente aos conflitos emocionais e metabólicos  originados pela eclosão dos hormônios sexuais  comuns nesta fase  tão conturbada da vida destas crianças, como:  alterações do humor, do comportamento, agressividade e insônia sãoas queixas mais evidenciadas. Para diminuir o excesso de LCR podem ser utilizados diuréticos, como sintomáticos. Não há alimentação especial; como as crianças são pequenas, devem ser observadas as normas alimentares para a idade e dificuldades de ingestão apresentadas pelas mesmas.


RESPOSTAS  AOS  QUESITOS:


1) Roga-se ao perito descrever o estado físico e mental geral do (a) Autor(a).

R - EXAME NEUROLOGICO  ATUAL


Paciente com hidrocefalia,  mal formação de Dandy Walker e agnesia de corppo caloso e do septo pelúcido, (síndrome de Dandy-Walker é uma malformação congénita que afecta o cerebelo e os fluidos que o rodeiam. As características principais desta síndrome são o alargamento do quarto ventrículo, a ausência completa ou parcial da área entre os dois hemisférios cerebelares e a formação de cistos na base interna do crânio.)  epilepsia,   alteração do comportamento e agressividade .

Ao exame : Vigil; , equilíbrio estático com  discreto alargamento das bases , marcha neurológica discreta marcha estrelar; ausência de atrofias e ou fasciculações musculares; tonicidade e força muscular preservada e simétricas; reflexos osteotendinosos preservados;  com discreta disdiadocinesia bilateralmente   ; ausência de clonus de extremidades; reflexo cutâneo plantar em flexão bilateralmente; ausência do sinal de Hoffmann bilateralmente; reflexos axiais da face normais; coordenação motora  com  discreta disdiacinesia  nos membros superiores estando preservados nos membros  inferiores; pares craneanos  acessíveis normais

. EXAME NEUROLOGICO EVIDENCIA ALTERAÇÕES   COMPATIVEIS COM DIAGNOSTICO NO CID  X  G  13,  G 40.1, G91.1,  G 94.2 
 
EXAME PSIQUIATRICO  ATUAL.

 Atenção:, pouco  atenta as solicitações ao ambiente ao redor.
Atitude geral - responde às perguntas com dificuldades  sem gestos e posturas e outras expressões motoras  no inicio da entrevista encontrava-se tensa, mas ao decorrer foi se descontraindo.  Não evidenciando movimentos e atitudes que façam suspeitar de atividade delirante ou alucinatória Sono, normal  alimentação normal . Hábitos de higiene normais..
 Paciente  algo orientada no tempo e no espaço, postura calma e aparentemente tranquila,  sem maneirismos ou gestos patológicos.
Atividade/expressão em palavras - Fala pouco ,apenas responde as solicitações  vagarosamente, coerente, sem  tom de discurso, sem interrupções,   sem silêncios súbitos,  sem mudanças de tema, palavras estranhas à sintaxe, ritmo e pensamento lentificado.
Humor -, medroso, ansioso, não apresenta atividade delirante mantendo-se desconfiada em relação as pessoas que a cercam Não se   sente  perseguida, influenciado por meios naturais, sobrenaturais ou científicos,  ou que riem dela ou que admirem ou querem seu mal como agredi-la ou matá-la.   .
 Não apresenta alucinações e outras desordens da senso percepção -  Auditivas, Visuais, Olfativas, Gustativas,. Táteis e  Viscerais.
 Não apresenta fenômenos compulsivos -  , pensamentos, impulsos e  atos sem alterações .
Orientação no tempo  e  Memória -  comprometida
Atenção e concentração  dispersa e não   Tenaz.
Conhecimentos gerais  -   comprometida
Inteligência:  comprometida 

 


Súmula psicopatológica

 Atenção: Periciada atenta as solicitações. Aparência Apresenta . Atitude normal. Orientação  algo  orientada no tempo e no espaço. Atenção e concentração comprometida. Sensopercepção (ilusão, alucinação) dentro da normalidade. Memória comprometida. Pensamento (forma, conteúdo, curso) lentificado. Idéias delirantes Nao apresenta. Afetividade normal . Vontade e ação comrometida. Psicomotilidade  dentro da normalidade

Exames médicos complementares

 Foram apresentado laudos de Tomografia Computorizada de Crânio de 20/09/95, 25/06/97 e  07/03/96

          Foram apresentados laudos dos Eletroencefalograma quantitativo com mapa cerebral de  13/11/2002  e  de  1/10/1008

  CONCLUSAO

  EXAME PSIQUIATRICO EVIDENCIA ALTERAÇÕES   COMPATIVEIS COM DIAGNOSTICO NO CID  X  F  29  F  71

 Esta atualmente  fazendo  acompanhamento com TEACCH através de símbolos pictográficos apresentado melhoras e  ao tratamento medicamentoso instituído   a  saber:
    Risperidona 1,0  mg    1 comp  1  x ao  dia
   Trileptal  300 mg         1  comp   1  x  ao  dia.
   Gardenal  100 mg    1  comp a  noite

 

 

 

 


2) Quais são as funções usualmente desempenhadas pelo (a) Autor(a) ?
R- Trata-se  de menor impúbere, matriculada na APAE  de Lambari.

3) Sofre o (a) Autor(a) de alguma doença ou lesão ? caso positivo, quais são elas? Roga-se descrevê-las pormenorizadamente.
R - Paciente com hidrocefalia,  mal formação de Dandy Walker e agnesia de corppo caloso e do septo pelúcido, (síndrome de Dandy-Walker é uma malformação congénita que afecta o cerebelo e os fluidos que o rodeiam. As características principais desta síndrome são o alargamento do quarto ventrículo, a ausência completa ou parcial da área entre os dois hemisférios cerebelares e a formação de cistos na base interna do crânio.)  epilepsia,   alteração do comportamento e agressividade .

4) Quais os exames complementares realizados de modo a efetuar o diagnostico com absoluta segurança? Roga-se Anexá-los   ao laudo.
R- LAUDOS ANEXADOS AO PROCESSO.

TOMOGRAFIA COMPUTORIZADA CEREBRAL EM 20/09/1995

TECNICA: FORAM REALIZADOS CORTES PARALELOS A LINHA ORBITO MEATAL DE 2, 5 E 10 mm DE ESPESSURA; SEM  INJEÇÃO DE CONTRASTE.

DESCRIÇÃO: OSSOS DO CRANIO DE DENSIDADE E ESPESSURA NORMAIS PARA IDADE.SUBSTANCIA BRANCA E CORTEX CEREBRAL DE DENSIDADE HABITUAIS.AUMENTO GLOBAL DOS VENTRICULOS. AUMENTO DAS CISTERNAS, DIMINUIÇÃO DO VOLUME CEREBELAR. AUSENCIA DE CALCIFICAÇÕES PATOLOGICAS;
IMPRESSÃO DIAGNOSTICA: EXAME TOMOGRAFICO CEREBRAL COPATIVEL COM:

- AUMENTO GLOBAL DOS VENTRICULOS.
- AUMENTO DAS CISTERNAS. 
- DIMINUIÇÃO DO VOLUME CEREBELAR.

TOMOGRAFIA COMPUTORIZADA CEREBRAL EM   25/06/1997

TECNICA: FORAM REALIZADOS CORTES PARALELOS A LINHA ORBITO MEATAL DE  5 E  10 mm DE ESPESSURA.

DESCRIÇÃO: OSSOS DO CRANIO DE DENSIDADE  ESPESSURA NORMAIS PARA A IDADE. APRESENTA AGENESIA DE VERMIS CEREBELAR, CORPO CALOSO E SEPTO PELUCIDO. VENTRICULOS CEREBRAIS DE VOLUME AUMENTADO. FISSURAS, CISTERNAS BASAIS E SULCOS CORTICAIS DE ASPECTO NORMAL.AUSENCIA DE CALCIFICAÇÃO PATOLOGICA.

IMPRESSÃO DIAGNOSTICA: EXAME TOMOGRAFICO COMPATIVEL COM MAL FORMAÇÃO DE DANDY WALKER.AGENESIA DE CORPO CALOSO E SEPTO PELUCIDO.

TOMOGRAFIA COMPUTORIZADA DE ENCEFALO EM 7/03/1996

TECNICA: FORAM REALIZADOS CORTES PARALELOS A LINHA ORBITO MEATAL DE 5  A 10  mm DE ESPESSURA, ANTES  E SEM A INJEÇÃO DE CONTRASTE VENOSO IODADO.

DESCRIÇÃO:  OSSOS DO CRANIO DE DENSIDADE E ESPESSURA NORMAIS PARA A IDADE.SUBSTANCIA BRANCA E  CORTEX CEREBRAL DE DENSIDADE HABITUAIS. DILATAÇÃO GLOBAL DOS VENTRICULOS. AUMENTO DAS CISTERNAS. FOSSA POSTERIOR EVIDENCIANDO PARENQUIMA  CEREBELAR E TRONCO CEREBRAL SEM ALTERAÇÕES. AUSENCIA DE CALCIFICAÇÕES PATOLOGICAS.

IMPRESSÃO DIAGNOSTICA: EXAME TOMOGRAFICO COPATIVEL COM HIDROCEFALIA SEVERA.

EEG DIGITAL E MAPEAMENTO CEREBRAL EM 13/11/2002

A) ESPECIFICAÇÕES TECNICAS DO EXAME
   A CONSTANTE DE TEMPO UTILIZADO FOI DE 0,3 SEGUNDOS E A FREQUENCIA DE AMOSTRAGEM DE  256 AMOSTRAS POR CANAL POR SEGUNDO. O METODO DE INTERPOLAÇÃO UTILIZADO E QUADRATICO.

B) CARACTERISTICAS DO EXAME

AS CONDIÇÕES TECNICAS DO EXAME FORAM BOAS. O EXAME  FOI REALIZADO EM SONO INDUZIDO.

C) RESULTADOS OBTIDOS

EEG DIGITAL COM RITMO DE BASE: REGULAR E SIMÉTRICO. ARTIFICIOS LENTOS E FUSOS DO SONO INTERPÕEM-SE AO RITIMO DE FUNDO. MAPEAMENTO CEREBRAL E ANALISE ESPECTRAL EVIDENCIAM RITMO DOMINANTE DE 10.5 Hz  e 44. 3 microvoltz. TOPOGRAFIA CEREBRAL REVELOU OS SEQUINTES POTENCIAIS PREDOMINANTES COM SUAS RESPECTIVAS LOCALIZAÇÕES: DELTA 55,1  u V EM O1, THETA 39,1 u V EM T5, ALFA 19.1 uV EM T6, BETA 12.4 uV  EM  T6. GRAFICO DA DIFERENÇA ESPECTRAL REVELA SIMETRIA ENTRE HEMISFERIOS. HISTOGRAMA MOSTRA DISTRIBUIÇÃO ESPECTRAL NORMAL. BLOQUEIO VISUAL: NÃO FOI REALIZADO. OBSERVA-SE ONDAS AGUDAS A 7 Hz- 8 Hz AMPLITUDE 70 uV – 95 uV DE DISTRIBUIÇÃO DIFUSA. FOTO ESTIMULAÇÃO: NÃO FOI REALIZADA. ATIVAÇÃO PELA HIPERPNEIA: NÃO FOI REALIZADA.

 

D) CONCLUSÃO


EEG DIGITAL E MAPEAMENTO CEREBRAL EVIDENCIANDO ONDAS AGUDAS DE 7 Hz – 8 Hz amplitude 70 uV – 95 uV DE DISTRIBUIÇÃO DIFUSA.

 

EEG  DIGITAL E MAPEAMENTO CEREBRAL EM  1/10/2008


A) ESPECIFICAÇÕES TECNICAS DO EXAME


   A CONSTANTE DE TEMPO UTILIZADO FOI DE 0,3 SEGUNDOS E A FREQUENCIA DE AMOSTRAGEM DE  256 AMOSTRAS POR CANAL POR SEGUNDO. O METODO DE INTERPOLAÇÃO UTILIZADO E QUADRATICO.

B) CARACTERISTICAS DO EXAME

AS CONDIÇÕES TECNICAS DO EXAME FORAM BOAS. O EXAME  FOI REALIZADO EM VIGILIA.

C) RESULTADOS OBTIDOS

EEG DIGITAL COM RITMO DE BASE: REGULAR E SIMÉTRICO. ARTIFICIOS LENTOS E  POTENCIAIS DE AÇÃO MUSCULAR INTERPÕEM-SE AO RITIMO DE FUNDO. MAPEAMENTO CEREBRAL E ANALISE ESPECTRAL EVIDENCIAM RITMO DOMINANTE DE 9.5 Hz  e  26.7 uV. TOPOGRAFIA CEREBRAL REVELOU OS SEQUINTES POTENCIAIS PREDOMINANTES COM SUAS RESPECTIVAS LOCALIZAÇÕES: DELTA 28.9 uV EM 1, THETA 29,1 u V EM Fp2 , ALFA 13.7 uV EM F4 , BETA 8.2 uV  EM  F4. GRAFICO DA DIFERENÇA ESPECTRAL REVELA SIMETRIA ENTRE HEMISFERIOS. HISTOGRAMA MOSTRA DISTRIBUIÇÃO ESPECTRAL NORMAL. BLOQUEIO VISUAL:HÁ BOA ATENUAÇÃO DOS RITMOS POSTERIORES.. OBSERVA-SE ONDAS AGUDAS A 7 Hz- 8 Hz AMPLITUDE 70 uV – 90 uV DE DISTRIBUIÇÃO DIFUSA. FOTO ESTIMULAÇÃO: NÃO ACENTUOU OS RITMOS E POTENCIAIS ANORMAIS. ATIVAÇÃO PELA HIPERPNEIA: ACENTUOU OS RITMOS E POTENCIAIS ANORMAIS

D) CONCLUSÃO


EEG DIGITAL E MAPEAMENTO CEREBRAL EVIDENCIANDO SURTOS DE ONDAS AGUDAS DE 7 Hz – 8 Hz amplitude 70 uV – 90 uV DE DISTRIBUIÇÃO DIFUSA.

 


5) Diagnosticada alguma enfermidade ou lesão , e possível indicar sua origem?
R – O Perito não tem como afirmar ou negar a solicitação efetuada.

6)As eventuais doenças ou lesões são passiveis de reabilitação?
R-   O  Perito não tem como afirmar ou negar a solicitação efetuada.

7) Tais doenças ou lesões , ainda que provoquem transtornos, impossibilitam atividade labarativa, ou seja esta o (a) Autor (a) incapacitado para trabalhar? Justificar.
 R -Trata-se de menor impúbere, deficiente mental.

8) Existe possibilidade de o (a) Autor (a), com medicação ou reabilitação adequada, continuar a exercer suas mesmas funções. Justificar
R- Trata-se de menor impúbere, deficiente mental.

9)  Pode o (a) Autor (a), com medicação ou tratamento adequado, exercer outras atividades diversas que lhe garantam a subsistência?
R- Trata-se de menor impúbere, deficiente mental.

10 ) Se existir incapacidade para o trabalho, é ela total e permanente? Ou e parcial e permanente? Ou é total e temporária? Ou é parcial e temporária? Justificar.
R- Trata-se de menor impúbere, deficiente mental.

11) No caso de incapacidade do (a) Autor (a) para o trabalho, qual a data  provável do seu inicio ( ao menos mês  e ano)?
R- O Perito não tem como afirmar ou negar a solicitação efetuada.

12) Esta o (a) autor (a) apto a exercer os atos da vida civil?
R- Trata-se de menor impúbere, deficiente mental.

 

 

 

Última atualização em Seg, 07 de Junho de 2010 09:20